No final do mês de outubro eu fiz aniversário e mais um ano me veio toda a reflexão de como é comemorar esse dia na Dinamarca. Acredito que em nenhum outro lugar do mundo as tradições de aniversário têm tanta importância como aqui. Todos comemoram de alguma forma ou de outra e é engraçado pensar que uma data que até então era um dia comum para mim no Brasil, passou a ser uma data tão especial.

Existe uma série de regras e costumes para cada idade e fase da vida e cada ano que passa eu aprendo algo novo sobre as tradições de aniversário

Para começar o dia já em clima de festa, algumas famílias acordam o aniversariante com café da manhã, presentes e música. A bandeira da Dinamarca também deve estar presente como parte da decoração na mesa, na janela ou do lado de fora da porta.

A presença da Dannebrog, como é chamada a bandeira dinamarquesa, não está relacionada ao patriotismo como muitos pensam. Esta simboliza simplesmente celebração e está presente em datas comemorativas.

Café da manhã para o marido (2016)

Mas aniversário também vem com algumas responsabilidades. Se você trabalha em um escritório, por exemplo, é quase que mandatório que o aniversariante traga seu próprio bolo e guloseimas para dividir com o pessoal. Na escola também é esperado que você chegue com um bolo ou outra coisa para o intervalo. Na minha escola de dinamarquês todos levavam algo e a sala tão fazia um rateio para o presente. Ahhh e claro, não pode faltar a música de Parabéns na versão dinamarquêsa que é longa e não tem nada a ver com o tradicional “Parabéns pra você”.

Studieskolen (out-2016) – Ganhei flores e chocolate dos colegas

Se no dia do seu aniversário estiver sol, é comum ouvir as pessoas agradecendo por isso. Outra tradição é de que a previsão do tempo é um reflexo do seu comportamento no último ano. Se o tempo estiver feio, também prepare-se para piadinhas de que você não se comportou como deveria.

Eu fui uma boa menina!

Com relação a festa de comemoração, cada idade e etapa da vida têm um costume ou uma regrinha diferente.

Para as crianças, os pais geralmente fazem o próprio bolo, e também preparam uma fornada de pãozinho, chamado de bøller, que pode ser servido apenas com manteiga ou também pålæg (presunto, queijo, chocolate). As festas são mais modestas do que as que estamos acostumadas no Brasil e são voltadas totalmente a diversão com brincadeiras, jogos e o mais comum, caça ao tesouro. Em algumas escolinhas, os aniversários são durante o período escolar mesmo e os próprios professores levam as crianças na casa do aniversariante para brincar por algumas horas. Mas cada escola tem um costume e eu acho tão fofo a forma como eles comemoram !

O bolo das crianças é feito em formato de um boneco(a) e é chamado de Kagemand. O topo pode ser todo colorido com guloseimas, confetes e bandeirinhas.

Para os adultos, as festas são mais bem organizadas e se a pessoa estiver completando um dos “entas”  40-50-60.. será sinônimo de uma grande festa! Geralmente a pessoa irá alugar um espaço, reservar um restaurante ou mesmo montar uma tenda no jardim para celebrar de jeito mais formal. Nesse tipo de festa as pessoas escrevem discursos e músicas para o aniversariante.

Em comemorações comuns, você pode ser convidado para um café ou jantar na casa da pessoa (que é mais “hyggelig”*). Nesse caso, você só precisa aparecer vestindo uma roupa casual e o presente será algo mais simples, podendo ser um livro, um acessório, uma bebida, algum chocolate especial ou um vale presente. A média de presente varia entre 150dkk e 300 dkk. Festas maiores, exigem uma roupa mais formal, para os homens camisa social e para as mulheres, vestido ou saia com um blaser mais arrumadinho. Os presentes também são mais caprichados, podendo ser um acessório de decoração para casa, uma jóia, um vale experiência para algum restaurante ou spa, uma marca de chocolate mais chique e etc. Os valores podem variar em torno de 300 à 500 coroas ou mais.

Comemoração à brasileira

Curiosidade: Se você fizer 25 anos e não for casada(o), seus amigos irão jogar canela em você no seu aniversário (E muita!) .. Se você fizer 30 e não for casada(o), será pimenta do reino.

Como dar uma festa no estilo dinamarquês:

1- Programe com Antecedência

A maioria dos dinamarqueses possuem um calendário, no celular mesmo, em que eles marcam todos os eventos do ano. Uma vez que aquela data esteja reservada, não há mudanças de planos! Se você quiser que todos compareçam, também é importante marcar o evento com muitos dias de antecedência, assim você não corre o risco de seus convidados já estarem ocupados naquela data. Organização é a palavra que define todo e qualquer evento.

2- Horário do festa

Geralmente as festas começam cedo, por volta das 18 hrs ou 19hrs se for jantar. Esteja pronto para abrir a porta para os convidados no horário marcado. Todos são muito pontuais! Não deixe para colocar o quitute no forno de última hora, ou então acabará recebendo seus convidados de avental.

3- Lista de presentes

Lembro até hoje do meu primeiro aniversário, quando o Dani pediu para que eu fizesse minha lista de presentes para a família dele. Minha primeira reação foi “ÃH!? “. É estranho ter que sugerir para as outras pessoas o que você quer ganhar de presente. Pode soar um pouco impessoal, mas as pessoas que gostam de você já querem dar um presente que você precisa e vai gostar.

O que poderia ser? qual o valor? Faça um brainstorm com tudo que você precisa e seus hobbies e inclua presente de diversos valores. Esse ano por exemplo, como eu acabei de mudar de apartamento, eu ganhei flores, acessórios para casa e vale presente.

4- Decoração

A bandeira: simboliza celebração e está presente em todas as festividades. É possível encontrar as bandeiras em todos os tamanhos e formatos, grandes para a entrada de casa, pequenas para o bolo, em forma de confete para decorar a mesa, tipo bandeirinha de festa junina pra colocar no teto, estampada na toalha de mesa, nos guardanapos e pratinhos.

Disposição da mesa: Arrumar a mesa cuidadosamente faz parte da diversão. Contar exatamente quantas pessoas estarão presentes, onde cada um irá sentar, fazer decoração com os guardanapos, colocar flores ou velas na mesa para decoração… cada detalhe faz a diferença.

5- Esqueça o relógio

Seja para um café com bolo ou um jantar, prepare-se para ficar sentado 5 horas ou mais em volta da mesa com os convidados. Para os que pouco conhecem a cultura dinamarquesa pode parecer um pouco exagerado, mas a essência de toda festa é issa: curtir o momento sem pressa. Tem a recepção, o prato de entrada, você come com calma, conversar com todas as pessoas da mesa, comer mais um pouco, continuar conversando e por ai vai.

6- Bolo de aniversário

O bolo é geralmente feito em camadas por isso o nome Lagkage em dinamarquês. Esse bolo tem chantily, geléia e frutas. Maravilhoso!

Se você quiser fazer ao estilo dinamarquês e terá que colocar a mão na massa. Todo ano eu falo que vou me empenhar em fazer meu próprio bolo de aniversário, mas fico com medo de não dar certo e por fim acabo comprando mesmo! rs

7-Tak for gave ! (Obrigada pelo presente)

Não só na hora que a pessoa entrega o presente, mas também na hora que a pessoa vai embora, é educado agradecer pelo presente. Há muitas formalidades que acercam as festas e a de agradecimento são as mais importantes. Também é educado mandar mensagem para o aniversariante no dia seguinte agradecendo pela festa do dia anterior ” Tak for i går!” ou mesmo agradecendo dias depois da festa “Tak for sidst” ( Obrigada pelo ultimo encontro).

Fotos

Manhã de aniversário com Brunch (2017)

Jantar com a família

Jantar com as amigas

 

Os dinamarqueses sabem como fazer dos aniversários uma data especial. Eles realmente demonstram carinho e respeito pelas pessoas que fazem parte de sua vida.

Tillykke med fødselsdagen ! ( Parabéns pelo seu aniversário !)

Vocês brasileiros, o que acham da celebração de aniversário na Dinamarca? Para os que conhecem as tradições, esqueci de alguma coisa? Deixe seu comentário ! 🙂