Tudo o que você precisa saber sobre chip internacional

É impossível pensar em viajar hoje sem usar celular, não é mesmo? Seja para postar fotos no Instagram, checar algum atrativo no mapa ou enviar e receber mensagens, é indispensável estar conectado. Hoje, diversas empresas comercializam chips internacionais com planos pré-pagos, bem mais econômicos em relação aos custos de roaming das operadoras de celular. Para não ficar pra trás, muitas companhias brasileiras também passaram a oferecer planos e benefícios específicos para o usuário no exterior.

Confira a seguir detalhes sobre vantagens, compra, ativação e uso desses planos fora do país.

 

 

Por que ter um chip de outro país?

O primeiro diferencial é a independência de poder usar a internet na hora e no local que você quiser, sem ter que caçar sinal de Wi-Fi. Ou se preocupar em falar o mínimo possível para evitar um susto ao receber a fatura do telefone.

Dificilmente ativar o roaming internacional da sua operadora será vantajoso: os valores são altos e as franquias de dados baixas. É justamente essa diferença de preços entre um chip regular do Brasil e um chip internacional que mais chama a atenção dos viajantes. No Brasil, as operadoras Vivo e Claro começaram a apostar neste mercado recentemente, com pacotes para ligações e planos de dados para uso fora do país.

 

Comprar chip internacional no Brasil ou no exterior?

A princípio, a opção mais prática é comprar o chip internacional antes de viajar. Você ativa previamente o SIM card, como é chamado o chip em inglês, e já chega ao aeroporto do país de destino sem se preocupar e sem perder tempo para encontrar pontos de venda. Todas as empresas que comercializam chip no Brasil entregam diretamente em um endereço específico no Brasil ou nos principais aeroportos do país. 

Além disso, para uma viagem por vários países, comprar um chip local em cada lugar é pouco prático e demanda muito tempo. Vale mais a pena comprar antecipadamente um plano para determinada região (opções como Estados Unidos/Canadá/México, Europa ou Ásia).

Você pode configurar chip internacional no celular já no aviãoChips locais no país de destino

A outra alternativa, mais econômica, é adquirir diretamente no seu destino um SIM card local, geralmente encontrados em bancas de jornais, quiosques e às vezes supermercados. Eles custam menos porque utilizam parte da rede sublocada das grandes operadoras.

Na Europa, um chip da Lycamobile, por exemplo, com internet de 3GB por 30 dias sai a 15 euros. As companhias mais conhecidas, como Vodafone, Orange, O2, Movistar e TIM na Europa, por exemplo, são mais fáceis de encontrar, uma vez que possuem lojas próprias.

Quando comprar

A compra de chip internacional para entrega pode ser feita diretamente pela internet (confira a lista de empresas que trabalham no Brasil no box mais abaixo).

Você até pode adquirir seu chip com antecedência sem que isso atrapalhe o consumo do seu plano. Isso porque é preciso informar a data da viagem. E, assim, o plano só passa a ser contado a partir de sua ativação.

O modelo de aquisição varia entre as empresas, como comprar primeiro o chip para depois adquirir o plano. Ou ainda comprar um pacote mínimo de dados e adicionar suas preferências posteriormente.

 


Gostou desse conteúdo?

Receba os textos de viagem do MundoMio na sua caixa de entrada!





 

Planos e cobertura

Basicamente, as opções de planos pré-pagos se dividem entre somente franquia de dados (apenas internet) e pacotes, com dados, ligações e até SMS.

Escolha o plano de acordo com o que mais precisa e realmente utiliza durante a viagem (veja box abaixo). Se você só usa a internet, não precisa contratar um pacote para ligações, por exemplo.

Os valores dos planos variam de acordo com o número de dias que você vai ficar no exterior e a quantidade de países pelos quais vai passar. As opções vão de um a 30 dias de uso.

Alguns chips permitem que você compartilhe sua internet, possibilitando a conexão de dois aparelhos. Vale checar essa possibilidade de acordo com o pacote que adquirir.

Confira a seguir a relação de preços, planos, cobertura e valores das empresas: Easy4U, Travel Mobile, Flexiroam, Yes Brasil, MySimTravel, Claro, Vivo e TIM.

 

Empresa Cobertura Plano Valor ($ em dólares ou R$ em reais) Internet
 

EasySim4U (T-Mobile)

 

EUA/Can/Mex internet a partir de $37 *
140 países internet a partir de $52 *
Europa internet + ligações a partir de $67 *
EUA internet + ligações a partir de $47 *

*velocidade não informada pela empresa.

 

Travel Mobile (Lycamobile) EUA internet + ligações de $25 a $75 de 1GB a 50 GB
Travel Mobile (Orange) Europa internet + ligações $55 10 GB
Travel Mobile (OneSimCard) Europa ou Ásia internet + ligações de $65 a $130 de 500MB a 5GB
Travel Mobile (OneSimCard) Global internet + ligações de $60 a $130 de 500MB a 2GB

 

Flexiroam

 

EUA internet de $2,50 a $40 de 100MB a 10GB
Europa internet de $5 a $50 de 100MB a 6GB
Américas internet de $10 a $18 1GB
Mais de 140 países internet de $6 a $400 de 100MB a 11GB
Yes Brasil (T-Mobile/ AT&T)

 

EUA internet + ligações de $40 a $76 até 5GB
Yes Brasil Europa internet + ligações $80 até 4GB

 

MySimTravel

 

EUA internet + ligações a partir de R$215 de 1GB a 5GB
Europa internet + ligações de R$257 a R$484 de 1GB a 4GB
Global internet + ligações a partir de R$419 de 1GB a 2GB

 

Claro

 

Américas (18 países) internet + ligação R$10 por mês/ linha de 100MB a 5GB
Europa (48 países) internet + ligação R$20 por mês/ linha de 100MB a 5GB
Mundo (Europa,

Ásia, África e Oceania)

internet de R$119 a R$2800 de 40MB a 3GB
Vivo Américas/ Europa internet + ligação R$40 por dia de 2GB a 4GB
Mundo internet + ligação R$60 por dia de 5MB a 1GB

 

TIM EUA/Canadá internet + ligação R$105 (reais) 300MB
Top Destinos (29 países) internet + ligação R$130 (reais) 300MB

 

 

Atenção:

A Flexiroam não vende propriamente o chip, e sim um adesivo que você aplica sobre ele. E só é aceito em chips que não sejam recortados manualmente;

A Claro oferece algumas opções para os continentes americano, europeu e plano mundial. Os planos, no entanto, são válidos só para quem já tem o plano pós-pago da operadora;

Já a Vivo possui opções de cobrança por dia para plano pós-pago conforme a área de cobertura. Também há 7 dias de internet no exterior para quem tem plano Vivo Família.

A operadora TIM tem pacotes para planos pré, pós-pago e controle e cobrança diária pelo uso.

 

Roaming Internacional gratuito na Europa

Desde 2017, os países da União Europeia deixaram de cobrar roaming internacional entre os territórios do bloco. O roaming permite que você use o chip em uma área de cobertura diferente da contratada na sua operadora. Ela usa a rede de outras empresas e, por isso, seria cobrado um valor adicional, normalmente bem elevado.

Países da União Europeia não tem cobrança de roaming

Por considerar o trânsito de moradores entre diversos países em um curto período de tempo, o governo do bloco europeu acolheu à ideia de reduzir essa taxa extra. Assim, as ligações feitas em diferentes países dentro do bloco têm o custo de uma ligação local. Você compra o chip pré-pago ou pós-pago, que já será de um país de origem europeu e não precisa adquirir nenhum plano extra.

O chip só precisa ter o recurso de roaming internacional no exterior já habilitado. Ele pode ser usado normalmente depois que atravessar as fronteiras dos países do bloco. A abrangência vale para os países da comunidade, com exceção da Turquia, Suíça e Liechtenstein. Noruega e Islândia também fazem parte do acordo.

As tarifas são limitadas em até 0,0032 euros por minuto para chamadas de voz e 0,01 euro por SMS. Os preços do plano de dados será reduzido gradativamente: cada GB hoje tem o valor de 7,7 euros  e passará para 2,5 euros até 2022.

O uso do roaming internacional gratuito também tem um limite. Se o número de ligações internacionais for maior do que as domésticas (do país de origem do chip) em um período de quatro meses, a operadora entrará em contato e poderá aplicar a cobrança de taxa extra.

 

Detalhes que você precisa saber sobre chip internacional

Nomenclatura: ceSIM card, prepaid SIM card ou prepaid data SIM card.

Tamanho: o chip internacional tem três tamanhos para atender a todo tipo de celular: mini, micro e nano chip. Para conseguir utilizá-lo, seu aparelho tem que estar desbloqueado e compatível com a rede de telefonia para onde vai viajar.

Whatsapp: sim, você consegue manter o número do Brasil, mesmo mudando de chip. Assim que trocar o SIM card, pode ser que o Whatsapp pergunte se você deseja atualizar ou manter o número. Selecione ‘manter’.

2 chips: se o seu aparelho tem espaço para 2 chips, minha sugestão é utilizar apenas o chip internacional no celular. Guarde o brasileiro em um local seguro e evite, assim, o risco de pagar qualquer tarifa de roaming internacional.

Validade: a depender do plano, você tem o chip válido por 30 dias ou por tempo indeterminado. Consulte antes de concluir a compra.

Ativação: para ativar o chip internacional, é só colocá-lo no aparelho e selecionar a função roaming de dados e acionar a banda correspondente. Este costuma ser um processo simples, mas pode variar conforme a operadora, que pede o contato com o suporte para uma configuração extra.

 

E você, já utilizou chip internacional no exterior e tem alguma dica para dividir? Comente com a gente! 🙂

 

 

Planeje sua viagem com o MundoMio
Reserve seu hotel
Garanta seu seguro viagem
Alugue um carro
Garanta seu ingresso para atrações