Hamburgo é a segunda maior cidade da Alemanha e está a beira do Rio Elba. Por isso também abriga um dos maiores portos da Europa, o Porto de Hamburgo, que é o segundo mais movimentado depois do Porto de Rotterdam.

A cidade é linda, super arborizada, com milhares de pontes e vários atrativos turísticos. Para mim, também é onde se encontram as melhores feiras de natal da Alemanha, onde visito todo ano com a minha família (Detalhes abaixo no post).

Para você que deseja visitar Hamburgo, este post contém todas as dicas do que você precisa saber.

Informações práticas

  • Língua: alemão
  • Moeda: euro (€).
  • DDI: +49
  • Eletricidade: 230V /50 Hz
  • Visto: Brasileiros não necessitam de visto para turismo de até 90 dias, com passaporte valido.
  • Gorjeta: Não é obrigatória, mas, se o serviço for bom, é apropriado deixar de 5 à 10% do valor da conta. Não deixe o dinheiro na mesa, dê diretamente para o garçom, na hora de acertar a conta.

Quanto tempo ficar

Um final de semana é suficiente para conhecer os pontos principais de Hamburgo, mas, para curtir com calma e fazer também alguns passeios diferentes, o ideal é ficar uns 4 dias.

Como se locomover

Transporte público funciona muito bem e é melhor do que alugar carro, uma vez que é difícil estacionar no centro da cidade.

É possível alugar bicicletas, como por exemplo pela StadtRad Bicycle. Os valores podem variar de acordo com o uso, mas não passam de 12 euros por dia.

Metrô, trem e ônibus custam 3,20 euros por ticket. Uber funciona super bem e o preço é muito mais em conta do que andar de taxi.

Vale muito a pena comprar o Hamburg Card, que é vendido em aeroportos, estações e pontos de informações turísticas da cidade. Esse cartão dá direito a transportes gratuítos, incluindo o ferry, e custa apenas 9,90 euros. Ainda dá desconto para atrações e restaurantes.

Onde se hospedar

A melhor opção é ficar pelo centro da cidade, mas não se desanime caso não ache algo dentro do seu orçamento. Outros hotéis próximos a estações de trem ou metrô também facilitam muito o acesso aos principais pontos da cidade.

Já me hospedei nestes dois hotéis em Hamburgo e recomendo.

Ameron Hotel

A localização desse hotel é perfeita. Ele fica no Hafencity, que é ponto de interesse na cidade, e está 10 minutos a pé do centro. O preço não é dos mais acessíveis, mas é um lugar que realmente oferece serviço diferenciado. Os quartos são muito aconchegantes e bem decorados. A hospedagem inclui ainda serviçoes de academia, spa e recreação.

Os restaurantes e bares do hotel são uma boa opção pra quem gosta de comer e beber algo antes de sair ouao chegar de um passeio. Para o café da manhã, a gente atravessa uma ponte que leva de um lado do canal para o outro, onde está o salão do buffet.

A área do café da manhã não é muito grande, mas tem muita variedade, principalmente de pães. E os pães alemães são simplesmente maravilhosos !

Dos pontos turísticos próximos eu destaco os seguintes:

  • Menos de 500m: Miniatur Wunderland, Speicherstadt, HafenCity Hamburg, Warehouse district museum, St. Katharinen Church
  • De 1 a 2 km de distância: Estação Central de Hamburgo, Mercado do Peixe de Hamburgo, Mönckebergstraße, Jungfernstieg, Lago de Inner Alster, Reeperbahn

Barceló Hotel

Esse hotel faz parte de uma rede de hotéis, que já haviamos experimentado antes. A localização em Hamburgo é excelente, próximo ao lago Inner Alster e vários comércios e restaurantes. Dá pra fazer tudo a pé pelo centro da cidade.

Além disso a estrutura do hotel é excelente, serviço muito bom e o quarto que pegamos também era super moderno.

Pontos turísticos próximos:

  • Menos de 1km :Hamburger Kunsthalle, Lago de Inner Alster, Mönckebergstraße – rua comercial, Jungfernstieg, Speicherstadt.
  • Menos de 2 km: HafenCity Hamburg, Cais de St. Pauli
  • Mercado do Peixe de Hamburgo (4km)

O que fazer

Os pontos turísticos de Hamburgo incluem passeios históricos desde museus à igrejas e também experiências culturais relacionadas à música e natureza.

Ware House District – Speicherstadt

O distrito histórico de armazéns de Hamburgo possui ruas estreitas e calçada de pedra. Os comécios no local datam mais de 100 anos e entre eles podemos encontrar lugares que vendem seda e tapetes orientais. É um lugar para quem gosta de admirar arquitetura, história e comércio local.

Na minha última ida a Hamburgo, fiquei em um hotél nessa área, com vista para água e foi uma ótima escolha, por estar próximo ao centro.

Museu Miniatura – Miniatur Wunderland

Um dos meus passeios favoritos, o Museu Miniatura é de deixar qualquer visitante de boca aberta. Não precisa ser criança pra curtir os detalhes das miniaturas e o maior modelo ferroviário do mundo.

O valor de 13 euros por adulto vale cada centavo. São 13 quilómetros de mini estradas conectando pasíses e continentes e até oceano com navios em movimentos. Computadores controlam luzes que simulam o dia e a noite, trens em movimento, parques de diversão, caminhão de bombeiros e o mais impressionante é o aeroporto com aviões decolando e aterrizando a todo momento.

Para aproveitar com calma, os melhores horários são cedo pela manhã ou final de tarde, pois o museu é sempre cheio. Reserve algumas horas para curtir cada detalhe desse lugar. Nós ficamos em média 3 horas e parece que ainda foi pouco.

Musical Hall – Elbphilharmonie Concert Hall 

O mais bonito do prédio é observar mesmo a arquitetura por fora. Não há como andar pela cidade e não notar essa obra que é metade foi construída em 1875, sendo um velha armazén e a parte de cima, mais moderna, uma fachada de vidro azulado que chama atenção de longe.

A entrada no prédio é gratuíta.

City Hall – Rathaus

É onde está o prédio da prefeitura. A arquitetura é bonita, mas o que mais impressiona é o número total de salas no prédio ( 647! mais que o palácio de Buckingham em Londres).

Do lado interno do prédio, pode-se visitar um jardim e obter a visita guiada pelo interior do prédio. Por fora, lindos detalhes para ser fotografado e durante a época de natal, a praça do lado de fora dá lugar a uma popular feira de natal que é imperdível.

Lago Alster

O Alster é dividido em duas partes: Upper Course e Lower Course, ambos lagos artificiais. Durante o verão, é ótimo para curtir sentando à margem do rio ou mesmo andando ao redor onde estão ruas cheias de lojas luxuosas e também o maior shopping de Hamburgo

No inverno, é colocada uma grande árvore de natal bem no centro do lado e muitas vezes este congela dando um lindo visual. Na margem do lago há também feiras de natal e lindas decorações com luzes.

Distrito Vermelho – Reeperbahn

Um lugar que tem a vida noturna agitada e um dos maiores distritos da luz vermelha da Europa. Mas não só baladas e strip clubs estão nessa região. Há também muitos restaurantes, bares e teatros para atração geral dos turístas.

O melhor horário para visita é partir das 20hrs e mulheres são discorajadas a visitar algumas ruas, uma vez que as garotas de programa locais podem ser contra visitantes do sexo feminino.

Para entrar nas casas noturnas, a média de preço é de 30 euros, ou se for gratuíto, espere pagar uma boa grana pelas bebidas.

Duas ruas famosas são: Herbertstraße e Davidstraße.

Endereço: Próximo as estações Reeperbahn ou St. Pauli.

Mercado de peixe de St. Pauli – Fischmarkt

Aberto apenas aos domingos, alguns visitantes perdem a oportunidade de conhecer esse lugar devido ao horário restrito de abertura, que começa as 5am e termina as 9:30am durante o verão e das 7am às 9:30 no inverno, a partir de novembro. Os horários reduzidos também resultam em um grande número de pessoas.

Essa é a área de Hamburgo que vende os produtos mais frescos e mais exóticos, desde os peixes, até frutas, flores e chás. Eu recomendaria sem dúvida esse passeio para quem gosta de beliscar bons aperitivos. Mas apenas o local em si já é um bom passeio, principalmente por ser gratuíto.

Endereço: Sankt Pauli Fischmarkt, Große Elbstraße 9, em St. Pauli próximo à Reeperbahn.

Passeio de Barco / Andar pelo porto

Por ser uma cidade portuária o passeio de barco é essencial. Os visitantes podem ter uma idéia real do quão grande e maravilhosa é a engenharia, estrutura e produtividade de Hamburgo. Além do mais, os guias são bem informados e tendem a explicar também sobre os projetos de construção e modernização do porto e região.

Um das formas de fazer o passeio, é pelo barco turístico que sai de St. Pauli – Landungsbrücken, Pontes 2 e 6. O passeio custa em torno de 18 euros e dura em média uma hora. Os guias fazem a narrativa em inglês ou alemão, mas mesmo para quem não fala inglês o passeio é bem prazeroso, pois o visual é incrível dos grandes cargueiros que transitam pela região.

Para quem quiser economizar, também há a possibilidade de andar apenas de ferry. Não é um passeio completo, mas dá pra ter uma visão também do porto. A passagem simples custa apenas 3,20 euros ou gratuítos com o Hamburg Card.

Túnel Subterrâneo do Elba

O túnel subterrâneo do Elba já tem mais de 100 anos e Foi inaugurado em 1911. Hoje dá pra fazer a travessia à pé ou carro em um trajeto de 300 m

Igreja de St. Michaels  – St. Michaelis Kirche

Um dos marcos arquitetônicos da cidade é essa igreja de estilo barroco. Seu espaço interno acomoda mais de três mil pessoas e sua decoração é toda branca e dourada. Do topo espiral da igreja também dá pra ter uma vista panorâmica da cidade e do porto e custa apenas 5 euros.

Shopping

Mönckebergstrasse

Próximo a Rathaus, no centro da cidade. Uma rua cheia de lojas dos mais variados produtos e para todos os bolsos.

Durante a época de Natal

Alsterhaus

Em frente ao Lado Alster, prédio de telhado verde.

Neuer Wall 

Conhecida pelas inumeras lojas de luxo como Louis Vitton, Hermés, Mont Blanc e outras

Passage Europe

Também no centro da cidade, é um shopping de 4 andares com uma grande variedade de lojas

Flohschanze market

Quem gosta de mercado de rua, antiguidade e arte, esse é um ótimo lugar para se perder e admirar diversos tipos diferentes de objetos vintages, roupas, prataria, louças de cristal e mais uma infinidade de coisas. Os itens começam a ser vendido a partir de €1 e é proibido vender coisas novas, então as preciosidades achadas nesse mercado são infinitas.

Endereço: Neuer Kamp Strasse, 30. Sábado das 8am às 4pm. 

hamburg.de

Planten un Blomen

A fuga para uma área verde em meio a cidade grande. Nesse cenário verde, você encontrará o maior jardim japonês da Europa e também um jardim botânico. Durante a temporada de verão, algumas atividades extras podem ser encontradas como festival de luzes, teatro ou shows.

hamburg.de

Tour dos Beatles

Completamente inesperado para quem visita Hamburgo é esse tour pela história dos beatles. Muitos fãs de música aproveitam a ida à metropole para conhecer os lugares onde eles tocaram e lançaram muitos de seus sucessos. Em geral o passeio é guiado por algum morador da região que acompanhou a carreira da banda e tem conhecimento da trajetória.

Um dos lugares por onde passamos foi o Star-Club, que pode ser reconhecida em capas dos álbuns de John Lenon.

Inverno em Hamburgo 

Quando chega o inverno na Europa, começam a se espalhar pelas grandes cidades as famosas feiras de natal. Em Hamburgo não é diferente, todos os anos as pessoas viajam de longe para curtir essa temporada de frio com muita comida boa e vinho quente.

O frio pode assustar muitos turistas, mas sem dúvida essa é uma época maravilhosa para passear também. Nas principais praças e ruas são montadas barracas que vendem os mais variados produtos desde artesanato, acessórios, brinquedos, roupas, comidas e bebidas. O grande número de pessoas que transitam pelos mercados mantém o clima fervoroso ainda que com temperaturas próximas a zero e é aconchegante ficar ao ar livre.

Dos principais mercados de natal, estão:

Rathausmarkt  (City Hall Square)

Também chamado de Weihnachtsmarkt, esse acontece bem no centro da cidade, em frente ao prédio da prefeitura e parlamento. Nessa área da cidade todas as barracas são elaboradamente decoradas com ornamentos e luzes em sua estrutura de madeira.

As mercadorias vendidas são sempre artenasais e há diversas opções de produtos feitos em madeira, vidro, velas de cera de abelha, luminárias, roupas e jóias.

Não se intimidem ao ver a multidão que visita Rathausmarkt. Apesar de estar sempre cheia, os comerciantes locais sabem atender bem a demanda e geralmente você não demora para ser atendido.

Uma das únicas desvantagens das feiras é não ter lugar para sentar. Por isso, vá com roupa confortável e com bastante disposição.

Procure experimentar os Schmalzkuchen

Jungfernstieg – Weiberzauber

Um dos mercados mais lindos, por ser ter a vista do lago Alster e uma grande árvore de Natal que fica bem no centro da água . Diferente dos outros mercados, esse é feito de tendas brancas e iluminaçao prata, azul e dourada. Tudo muito lindo ! Ao fundo, dezenas de boutiques de luxo e muitas outras lojas boas para compra.

Existem também alguns tipos de comida diferente nessa feira, como hot dogs e waffles.

Quem quiser curtir uma vista panorâmica, há também a roda gigante. Não é muito alta, mas dá pra tirar boas fotos e ter uma vista geral da região.

 

Santa Pauli

Situado no distrito da luz vermelha, esse mercado têm uma atmosfera um tanto diferente. É muito mais fervoroso, com grande número de pessoas e música ao vivo. Ótimo para comprar presentes e até mesmo brinquedos eróticos.

Há também um lounge com fogueira onde as pessoas se reunem para se aquecer e tomar um vinho quente entre um passeio e outro.

Gänsemarkt

O amado mercado de Gansemarkt é feito de cabanas de gingerbread, que é um biscoito aromático delicioso !

São servidas algumas especialidades desde lombo até biscoitos de gengibre. A decoração de natal é mais poética e remete a estátua de Lessing que desempenha certo papel na decoração do local.

Winter Pride 

Próximo a estação central, a novidade está no mercado de natal gay, organizado pela comunidade LGBTQ. Lá, ao invés de sons natalinos, o espaço é comandado por Dj’s e o clima é mais discontraído.

Überseequartier

Nessa região de Hamburgo acontece o mercado HafenCity. Há uma pista de patinação e decoração com luzes. As pessoas que visitam esse mercado podem concorrer a presentes que os comerciantes locais doam para a feira. A brincadeira começa depois das 18hrs.

O principal para se fazer nos mercados é comer e beber as comidas típicas

Onde comer e beber

Algumas sugestões de lugares bons para comer em Hambrugo:

  • Brachmann’s Galeron 
  • Barbarabar
    • Em Reeperbahn há também diversos outros bares, música ao vivo e balada.
  • BistrOcean (Para frutos do mar)
  • Clockers para cocktail
  • The chug Club (St.Pauli)
  • Walrus (St.Pauli)

Esse guia completo da cidade foi feito com muita dedicação, espero que tenham gostado e aproveitem ao máximo a segunda maior cidade alemã sem perder nenhum atrativo.

Deixe um comentário com seu feedback 🙂

Juliana