Conectada a Copenhague pela ponte Oresund, a cidade sueca de Malmo tem se beneficiado do aumento do turismo na região e recebido cada vez mais admiradores da cultura escandinava.

Localizada ao sul da Suécia, Malmo tem as temperaturas mais agradáveis do país, um clima de vida urbana tranquila e muita natureza, com três grandes parques e praias amplas. Também conta com ruas encantadoras de estilo medieval no centro e um toque de elegância com edifícios altos e modernos à beira-mar. 

Dicas sobre Malmo 


Apesar da proximidade e semelhança com a Dinamarca, a Suécia tem sua própria identidade, com sua língua sueca, e a moeda local, a coroa sueca, que chega a ser 25% mais barata que a coroa dinamarquesa. Para evitar trocar dinheiro em casas de câmbio, recomendo levar apenas o cartão de crédito.

Para quem planeja visitar a cidade por um dia saindo de Copenhague, o trajeto é fácil e prático, tanto de carro (20min) quanto de trem (35min). Todos os detalhes estarão abaixo no texto. Leia também como se locomover em Copenhague


O que fazer em Malmo


Ponte Oresund

A travessia de Copenhague para Malmo pela ponte Oresund é uma atração por si só. Sua construção teve início em 1991, com o objetivo de vincular interesses entre Dinamarca e Suécia. Os dois países tiveram participação de 50% cada no financiamento do projeto. A conclusão da obra aconteceu no ano de 2000, tornando-se assim a maior ponte rodoferroviária da Europa, com cerca de 8km de extensão. Na parte superior, há quatro faixas para automóveis, enquanto que, no nível inferior passam duas linhas férreas. ( ver foto número 2)

A área em que foi construída, no estreito de Oresund, cobre importantes canais de navegação entre o Mar Báltico e o Mar do Norte. A extensão da ponte é dividida em uma parte externa, de  8km, e uma parte submersa que percorre 4km de túnel, passando por uma ilha artificial (Peberholm).

Igreja de São Pedro (Skt Petro Kyrka) Saindo da estação central e caminhando em direção ao centro, está a Igreja de São Pedro, um marco na cidade de Malmo por ser a construção mais antiga da cidade, datada do século 14. Apesar de não ser uma igreja grande e imponente, possui estilo antêntico resnascentista e diversas pinturas no interior da Capela que valem ser visitadas.

Saindo de lá, caminhe para a Stortorget (a praça grande)

Centro Velho (Gamla Stade)

O centro velho, conhecido como “Gamla Stade” em sueco,  é um dos lugares mais charmosos da cidade, com várias opções de cafés, lojas e restaurantes.

As duas principais praças do bairro são: Stortorget (praça grande) e  Lilla torg (praça pequena). Elas ficam a apenas 170m de distância uma da outra.

Apesar de ser a praça maior, na Stortorget você vai passar rapidamente, pois são poucas coisas para ver. Lá está a estátua do Rei Charles X (rei sueco entre 1954 e 1960), uma fonte esculpida em bronze e também vários prédios antigos do século 16. A praça é muito ampla e limpa. No verão é toda decorada com vasos de flores, muito lindo!

A Lilla Torg é a praça menor, mais aconchegante e onde você provavelmente vai passar mais tempo. No entorno dela, estão prédios datados entre 1600 e 1800, com várias opções boas de restaurantes para comer comida típica nórdica e internacional.

Além do enorme número de turistas, a região também é frequentada por locais, o que torna a experiência muito autêntica.

Gamla Vaster 

É parte do centro histórico e fica entre a praça Lilla Torg e Kungsparken (o grande parque da cidade). Uma das ruas mais bonitas é a Jakob Nilsgatan, onde o caminho é de pedras largas, casas de teto baixinho e um visual que imita uma cidade cenográfica.

Ao contrário do centro velho da capital sueca, Estocolmo, que abriga diversas lojas, em Malmo as pequenas casas servem de residências, galerias de arte, escritórios, pequenos hotéis e cafés. Algumas dessas casas foram restauradas no final dos anos 80.


Malmohus Slott (Castelo de Malmo)

O Castelo de Malmo, é um dos castelos renascentistas mais antigos da Suécia e também uma das atrações mais procuradas de Malmo.

Sua estrutura foi destruída e restaurada várias vezes com o passar dos anos devido aos períodos de guerra entre dinamarqueses e suecos.

Hoje seu espaço é usado para quatro diferentes atrações: O Museu da Cidade, o Museu de História Nacional, o Museu de Arte e o Aquário.

Todas as atrações são gratuitas com o Malmo City Card (um cartão de descontos para entradas turísticas), ou podem ser compradas na bilheteria da entrada.

Modern Museet

Para quem gosta de arte contemporânea, este museu possui várias exposições que competem com outros grandes museus dessa categoria pela Europa.

O prédio, antigamente usado como uma usina elétrica que abastecia a região, recebeu um anexo moderno de coloração vermelho-alaranjada e inaugurou o seu espaço em 26 de dezembro de 2009. As exposições têm rotatividade de acordo com a época do ano e se destribuem em mais de 800 m de museu.

site oficial do Moderna Museet

Turning Torso

Caminhando 20 minutos do centro da cidade até o bairro de Västra Hamnen, você encontrará o maior prédio residencial da Escandinávia, com 54 andares e 190m de altura (dois terços do tamanho da Torre Eiffel, em Paris). Ele pode ser visto de qualquer parte da cidade, e até mesmo da Dinamarca.

O projeto foi desenvolvido pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava com um design diferenciado, que faz uma torção de 90 graus da base até a cobertura. Mas apesar do design e elegância do prédio, é um local com ventos fortes e com temperatura que pode chegar a -20 °C no inverno.

Endereço: Lilla Varvsgatan 14, 211 15 Malmo

Riversborg Strand

Se você visitar a cidade com um pouco mais de tempo, vale esticar a caminhada do Turning Torso até a praia de Ribersborg, um local badalado entre turistas no verão.

No pequeno píer da praia estão as históricas casas de banho, populares na região desde quando foram construídas, em 1898.

Fonte: gallerivastrahamnen.se

Onde comer em Malmo


Experimente os cafés e restaurantes na Lilla Torg. Logo na praça, um dos meus restaurantes favoritos é o Drumbar. Os pratos são bem servidos e com bons preços.

Já para um café e doces, a Cafeteria Pronto é simplesmente a pausa perfeita. A especialidade da casa são os cheesecakes, que são uma delícia!

Para uma experiência aconchegante e diferente, o restaurante Bastard oferece uma verdadeira aula de culinária. O menu degustação é uma ótima forma de experimentar de tudo um pouco e, em especial, as cervejas e vinhos, que são deliciosos! Para garantir sua visita, é melhor fazer reserva de mesa, principalemente para os finais de semana  (+46 40 12 13 18). Há também a possibilidade de reservar pelo site

Fotos retiradas do instagram do restaurante Bastard

Endereço: 11 Maester JohansgatanMalmö 211 21, Suécia

Como ir de Copenhague a Malmo


Ir de uma cidade a outra é rápido e fácil. A distância entre Copenhague e Malmo é de 30km e pode ser percorrida de carro, trem ou ônibus.

Estação central de Copenhague

De trem

É o jeito mais fácil e popular. Os trens saem da estação central de Copenhague (København H) a cada 20 minutos e fazem uma parada também na estação do aeroporto antes de seguir para Malmo. O trajeto leva 35min e a passagem custa aproximadamente 90 dkk (+- 45 reais).

Comprar passagem para duas pessoas tem desconto.

Importante: levar o passaporte para controle policial dentro dos trens! 

De carro

Fazer a travessia de carro é fácil e rápido também (20min), porém terá que pagar um pedágio para a ponte Øresund. Para checar os preços atualizados, consulte o site da Oresundsbron.

A pista azul possui máquinas de auto atendimento, onde você faz o pagamento da taxa sozinho com cartão de crédio. Na faixa amarela, terão as cabines com atendentes e o pagamento pode ser em dinheiro.