Seja por nossa história em comum, pela facilidade com o idioma, pela deliciosa gastronomia ou por (ainda) ser um país mais barato que os seus vizinhos, Portugal é um dos destinos preferidos dos brasileiros que visitam o continente europeu. A capital, Lisboa, já conquistou os viajantes e pouco a pouco o charme de Porto também está sendo descoberto.

Além dos cartões-postais desses dois principais centros urbanos do país, há uma infinidade de cidadezinhas e atrativos a serem exploradores. Se você é marinheiro de segunda viagem ou simplesmente tem um gosto pelo inusitado, vale a pena sair do roteiro tradicional e explorar lugares menos convencionais da terrinha. Selecionamos 5 experiências diferentes que uma viagem para Portugal pode proporcionar!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Experiências incomuns para incluir no roteiro da sua próxima viagem para Portugal

 

  1. Descobrir a cidade de Olisipo sob Lisboa

    Um tesouro escondido sob a capital do país, as Galerias Romanas são desconhecidas por muitos viajantes experientes e até mesmo por alguns moradores da cidade. Essas construções milenares estão no subsolo da cidade, exatamente embaixo de uma das principais vias do centro histórico, a Rua da Prata.

    O passeio pelo subterrâneo da cidade é uma oportunidade para conhecer mais sobre o passado do país. O espaço só foi descoberto no século 18, quando um grande terremoto atingiu Lisboa, revelando as ruínas. Pesquisadores estimam que elas tenham sido construídas por volta do século 1 a.C, período em que o território era dominado pelos romanos e se chamava Olisipo.

    Essa é uma das experiências em Portugal que mais exige planejamento, pois a visitação só ocorre duas vezes ao ano — geralmente em abril e setembro —, com vagas limitadas. Para permitir o acesso dos turistas, nessas ocasiões, a água é bombeada para fora das galerias. Durante o restante do ano, o espaço fica completamente inundado.

    Você pode acompanhar a página do Museu de Lisboa para conferir se a data da sua viagem para Portugal coincide com a dessas visitas especiais!

    As Galerias Romanas são da época dos romanos, quando Lisboa ainda era Olisipo

    Foto Museu de Lisboa – presets Mundo Mio

     

  2. Refletir sobre a efemeridade da vida na Capela dos Ossos, em Évora

    “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”.

    Esses são os dizeres que te aguardam na entrada de um dos locais mais macabros de Portugal. A Capela dos Ossos fica localizada nas dependências da Igreja de São Francisco, em Évora, a menos de 2h de Lisboa.

    O templo foi construído, com a ossada de frades e religiosos, para simbolizar a transitoriedade da vida. Mas a motivação não foi simplesmente espiritual. Havia cerca de 42 cemitérios monásticos nos arredores da cidade, que estavam ficando sem espaço para os mortos. Por isso, foi decidido que os esqueletos seriam utilizados como ornamento. Estima-se que as paredes do local contenham restos mortais de mais de 5 mil pessoas. O resultado é tão sinistro quanto deslumbrante.

    A Capela dos Ossos, em Évora, é uma das atrações mais macabras em uma viagem para Portugal

    Concierge.2C, via Wikimedia – presets Mundo Mio

     

  3. Encontrar praias e enseadas entre as falésias do litoral de Algarve

    O sul de Portugal é a região onde estão localizadas as melhores praias do país. São cenários imperdíveis, com águas azuis que mais parecem do Caribe e também aquele ventinho frio pela noite que lembra que você ainda está na Europa.

    O Algarve é formado por diversas cidades costeiras, com vistas que competem entre si pelo posto de panorama mais incrível. Vale a pena dedicar alguns dias a um passeio por toda a extensão da costa, com destaque para as cidades de Lagos e Lagoa, esta última base para a Praia da Marinha e a Praia de Benagil, com visuais fantásticos.

    Uma dica valiosa é alugar um carro e percorrer a costa do sul de Portugal, pois as cidades são bem próximas e, assim, você perde muito menos tempo de deslocamento. Se sua ideia for apenas passear e registrar os pontos mais famosos, é possível acordar cedo e visitar até quatro ou cinco cidades da região no mesmo dia.

    Uma das principais dicas de viagem em Portugal é visitar o Algarve somente se você for próximo ao verão europeu (entre o final de junho e de setembro). Fora de época, quase nada funciona no sul de Portugal a nível de turismo, especialmente porque muitos negócios são sazonais e o frio afasta os visitantes de lá.

  4. Se perder entre as muralhas de Óbidos

    Como o título evidencia, Óbidos é cercada por imensas muralhas medievais. É uma das mais simbólicas cidades para conhecer em Portugal. Além da sensação de entrar em uma máquina do tempo já que a fortificação que se vê hoje remonta ao século 13 —, o povoado também é ideal para experimentar a famosa Ginjinha. Essa bebida licorosa, feita à base de um tipo de cereja nativa, é uma das mais renomadas iguarias portuguesas.

    Óbidos é habitada por humanos desde a pré-história, mas as primeiras muralhas só foram construídas na época em que a região pertencia aos romanos. Posteriormente, no século 8, os mouros conquistaram o território, que já havia sido ocupado pelos visigodos e, somente depois de quatrocentos anos, viria a ser reconquistado pelos portugueses. O posicionamento estratégico da vila e a consequente mistura dos diferentes povos que a disputaram a torna um local de extrema relevância para a cultura portuguesa.

    Percorrer as vielas da cidade amuralhada de Óbidos é uma das experiências mais legais de uma viagem para Portugal

    Óbidos, via Euro Dicas – preset Mundo Mio

    Se apenas se perder nas vielas estreitas da cidade amuralhada não for o suficiente (ou se as pernas já estiverem cansadas de tanto passeio), você ainda pode alugar um desses modernos carros elétricos. O contraste da tecnologia com as construções históricas rende ótimas fotos!

  5. Brincar na neve na Serra da Estrela

    Muitos brasileiros viajam para a Europa no inverno com a intenção de conhecer a neve. Na maioria das vezes, rumam direto para os Alpes. Muitos nem imaginam que Portugal também tem seu destino de neve e montanha, onde é possível até praticar esqui e snowboard!

    As estradas que levam até os picos, apesar de bastante sinuosas, são bem conservadas e contam com uma linda vista dos vales e colinas da região. Durante os períodos de nevasca, os acessos são fechados pelas autoridades. Além das paisagens nevadas encantadoras, você não pode deixar de experimentar os famosos queijos da Serra da Estrela, um símbolo da gastronomia portuguesa.

    As montanhas nevadas da Serra da Estrela, em Portugal

    Emanuele Siracusa – Preset Mundo Mio

    Fora as montanhas, outras paradas obrigatórias são Loriga, conhecida como a “Suíça Portuguesa”, e Covão da Ametade, localizado em um belíssimo vale. Linhares da Beira, com arquitetura medieval e ruazinhas de pedra, é uma das aldeias históricas de Portugal que vale muito a pena conhecer.

 

Gostou das dicas? Então inclua esses destinos inusitados no seu roteiro de viagem para Portugal!

Se você já teve a oportunidade de visitá-los, deixe um comentário e diga como foi a sua experiência 😉